O estilo de design moderno tem como característica básica o uso de formas e objetos mais limpos e abstratos, o uso de materiais clássicos mas em uma nova roupagem e ambientes mais funcionais.

Dentro desse macro-estilo ainda existem sub-categorias que permitem mostrar que mesmo as pessoas modernas tem suas características próprias e especiais.
Conheça um pouco mais desses estilos abaixo e descubra qual deles é você...

 

 

 

 

 

 

1. MODERNO

 

 

O estilo moderno (ou modernista) refere-se a uma tendência única na arte e na arquitetura que se desenvolveu na primeira metade do século XX. Moderno é um termo amplo de design que normalmente se caracteriza pela simplicidade e praticidade oferecendo uma atmosfera clean. A casa moderna possui linhas limpas, retas e nítidas, uma paleta de cores simples e o uso de materiais que podem incluir metal, vidro e aço.

 

 

O design moderno emprega uma sensação de simplicidade em todos os elementos, incluindo móveis. Uma palavra que é comumente usada para descrever o estilo moderno é elegante pois não há muita confusão ou acessórios envolvidos em um estilo moderno.

 

 

 

 

2. CONTEMPORÂNEO

 

 

Segundo o dicionário, o substantivo “contemporâneo” significa “algo ou alguém que fez parte de uma mesma época ou que faz parte do presente”. Essa definição não poderia estar mais certa. Muitas vezes confundido com o estilo moderno ou minimalista, o estilo contemporâneo é uma forma de decorar que valoriza o melhor do design atual e está sempre em transformação

 

 

Diferentemente de outras práticas, o estilo contemporâneo é, na verdade, o resultado da união entre as melhores e mais reconhecidas tendências dos últimos anos, reunindo elementos de qualquer estilo para formar ambiente lindos, únicos e funcionais. Essa valorização das características e elementos testados e aprovados pelo público nos leva a conjuntos esteticamente atraentes e convidativos, mas sem a frieza excessiva associada ao minimalismo e modernismo, duas fontes que alimentam o ideário contemporâneo atual.

 

 

Sendo um “estilo em evolução”, o contemporâneo de hoje não é o mesmo de 20 anos atrás. A moda passa, os estilos de móveis e decoração mudam, e o estilo contemporâneo acompanha essa tendência. Este é o estilo preferido de pessoas que valorizam os lançamentos e novidades que as lojas de decoração têm a oferecer e não se preocupam em misturar elementos. 

 

 

 

 

3. MINIMALISMO

 

 

Um dos estilos de design de interiores mais modernos a serem considerados, as pessoas costumam confundir o estilo minimalista com um frio intenso e uma severidade desconfortável - o que dificilmente é o caso. De fato, há uma visão mais calorosa do design de interiores minimalista (minimalismo quente), cheio de elegância limpa e sem complicações.

 

 

Pense em simplicidade, refinamento e mão hábil com conforto e funcionalidade suntuosos. A chave aqui é manter os ambientes com peças de impacto e itens decorativos que devem servir a um propósito duplo: decorar e ser funcional.

 

 

O estilo minimalista tem uma abordagem que preza por preencher um espaço com o mínimo de itens essenciais que ainda apresentam um senso de design, drama, orgânico ou abstrato.

 

 

 

 

4. INDUSTRIAL

 

 

O estilo industrial foi uma consequência de um contexto histórico do século XX. Ao final da Segunda Revolução Industrial, quando a globalização empurrou mais e mais indústrias para países com custos de produção menores, fábricas e armazéns locais foram abandonados. Regiões inteiras perderam sua atividade produtiva, sendo muitas delas localizadas em pontos centrais das cidades. Não demorou até o mercado imobiliário dar um novo uso para esses imóveis: eles seriam transformados em lofts, lojas e apartamentos! 

 

 

Uma das principais características do estilo industrial é a de ter os ambientes integrados, pois a ideia é pegar um galpão e transformá-lo em casa. Por isso, há uma sensação de impureza inacabada em muitos dos elementos, e não é incomum ver tijolos expostos, dutos e madeiras. Uma casa icônica com um tema de design industrial seria um loft renovado de um antigo prédio industrial.

 

 

Pense em tetos altos, madeira velha, canos de metal cruzando as paredes e luminárias industriais com móveis funcionais esparsos. É possível que exista uma ou duas peças de arte abstrata ou fotografia para adicionar uma pitada de cor a um esquema de cores neutro, derivado dos materiais primários de madeira, tijolos e metais.

 

 

 

 

5. RETRÔ - MID-CENTURY MODERN

 

 

A modernidade de meados do século - principalmente nos anos 50 e 60 – inspiram o estilo retrô. Há uma nostalgia presente no design moderno dessa época e também alguns elementos do minimalismo. Funcionalidade e praticidade são os temas principais do design desse período. Ele enfatiza formas reduzidas, formas naturais ou orgânicas, desenhos contemporâneos fáceis de usar e fabricação simples. Materiais como madeira, metal, plástico e acrílico são os mais usados nesse estilo. Cores neutras compostas com tons fortes como amarelo, laranja e vermelho.

 

 

O estilo retrô complementa facilmente qualquer interior e também ajuda na transição perfeita do interior para o exterior.

 

 

 

 

6. ESCANDINAVO

 

 

Cada vez mais popular, o estilo escandinavo enfatiza uma simplicidade limpa e serena com apelo universal. Totalmente funcional e com a mistura de peças tradicionais e minimalistas, a decoração escandinava destaca formas orgânicas com interesse sutil, peças de textura tonal e um apelo descontraído em espaços totalmente brancos salpicados com tons vivos em alguns objetos e elementos levemente envelhecidos.

 

 

 A ideia do estilo escandinavo é ter o conforto necessário para ficar em casa e aproveitá-la com aquilo que é essencialmente necessário. Ser básico e aconchegante ao mesmo tempo. Como nos países nórdicos, que inspiram esse estilo, o frio é uma constância, o ficar em casa deve ser prazeroso e reconfortante.

 

 

 

 

7. ECLÉTICO MODERNO

 

 

Semelhante à decoração boho (que veremos mais pra frente), mas com um fascínio decididamente crescido, o estilo eclético tem tudo a ver com alta energia, achados e acessórios para encantar. Pense em paletas de cores ousadas, texturas e padrões reunidos para criar uma rica mistura com utilidade e pontos focais em mente.

 

 

Para não ser confundido com um espírito que vale tudo, o design eclético tem tudo a ver com consistência, tons de referência e, o melhor de tudo, liberdade para explorar direções criativas com nuances estudadas.

 

 

É a união de tudo o que você gosta nos estilos modernos evocando um senso de imaginação e surpresa com contrastes inesperados, mas perfeitamente coesos.

 

 

 

 

 

Esses estilos são incríveis, não?! Conseguiu descobrir o seu?

A CUBOLAB têm peças para atender a toda essa modernidade. Veja nossas sugestões abaixo e navegue pelo nosso site para encontrar outros produtos modernos.

E conheça também os outros estilos: